Força da mobilização dos servidores na campanha salarial sustentou debate com o secretário geral

Ontem (10), a diretoria do Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco (Sindsemp/PE) se reuniu com o secretário geral do MPPE, Maviael de Souza Silva, e com o secretário geral adjunto do MPPE, Gustavo Lima, na sede administrativa da Instituição, no Edf. IPSEP. O intuito foi cobrar novamente uma posição efetiva quanto aos 13 pleitos apresentados esse ano pelo sindicato, todos sem sucesso até o momento, inclusive os que nada tem haver com a disponibilidade orçamentária da instituição.

Diretoria do Sindsemp/PE reunida com o secretario geral, Maviael Souza, e com o adjunto, Gustavo Lima

Logo no início da conversa, o secretário se pronunciou acerca do tema da revisão salarial, demonstrando que a mobilização dos servidores que compareceram, nos últimos dias, aos postos de trabalho vestidos de preto e portando o adesivo da campanha em prol do reajuste, tem surtido efeito positivo. Na opinião do presidente do Sindsemp/PE, Fernando Ribamar, ficou claro que a ação que foi realizada pela categoria gerou uma repercussão diante da gestão do MPPE.

“A participação efetiva dos servidores na campanha demonstrou a força que temos quando atuamos em coletividade. É tanto que temos vários pleitos para serem atendidos, mas o foco principal do encontro girou em torno da nossa revisão salarial”, dispara reforçando que o secretário colocou a possibilidade de que o reajuste contemple não só os valores referentes a este ano, como também o percentual para 2020.

Segundo Ribamar, na ocasião ficou acertado que haverá uma nova reunião até o final desse mês com a gestão para que seja apresentada uma proposta objetiva com relação ao tema. O Sindicato se comprometeu a preparar um material que demonstre todas as demandas da categoria que estão pendentes para ser entregue até o dia 23 na sede da Secretaria Geral.

O Sindsemp/PE reafirma a importância da participação de todos os trabalhadores nas lutas e convoca todos para intensificar as mobilizações e participar da Assembleia Geral que será realizada na sede do Sindicato, na próxima quinta-feira, 18, em duas sessões, às 12h e às 16h, com a pauta: Plano de Lutas 2019 (revisão salarial) – repasses e realinhamento estratégico.

Lista dos 13 pleitos apresentados esse ano com a respectiva situação:

  1. Acesso aos resultados do estudo sobre estrutura de PJ – pendente;
  2. Regulamentação das remoções – pendente;
  3. Regulamentação da mesa de negociações – pendente;
  4. Rodada de negociações específica sobre a criação de 300 CCs – pendente;
  5. Revisão salarial 2019 – pendente;
  6. Recomposição das perdas salariais acumuladas – pendente;
  7. Revisão do auxílio saúde – pendente;
  8. Revisão do auxílio alimentação – pendente;
  9. Inclusão do Edf. Alfred Nobel no roteiro das Vans – pendente;
  10. Ampliação do prazo para gozo do banco de horas – negado;
  11. Proposição de projeto de lei ampliando as hipóteses de licença classista – negado;
  12. Licença classista para diretor da ANSEMP – negado;
  13. Criação de comissão de Prevenção de Assédio Moral e Sexual – negado.
Compartilhar: