NOTA DE SOLIDARIEDADE E REPÚDIO

O SINDSEMPPE vem a público se solidarizar ao Promotor de Justiça Maxwell Anderson de Lucena Vignoli, aos servidores e servidoras, às mulheres e ao Ministério Público de Pernambuco como instituição defensora dos direitos humanos, atacados de forma covarde em webnário que discutia violência contra a pessoa idosa e envelhecimento da população LGBTQI+.

Repudiamos com veemência a prática de manifestações flagrantemente homofóbicas, sexistas, preconceituosas e antidemocráticas, se valendo da condição de anonimato.

O SINDSEMPPE defende a rigorosa apuração deste episódio e a responsabilização de seus autores.

Não aceitamos compactuar com valores contrários à civilização, à democracia e aos direitos humanos.

Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco – SINDSEMPPE

Compartilhar: