Conselho Deliberativo realizou primeiro encontro para definição das metas desse ano

Nos dias 25 e 26 de janeiro, o Conselho Deliberativo do Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco (Sindsemp/PE) se reuniu para traçar o planejamento estratégico anual para 2019. Cerca de 16 pessoas entre representantes de base, conselheiros fiscais e a diretoria do Sindicato participaram das atividades.

Na ocasião, houve a exposição sobre a conjuntura atual do MPPE com a explanação do presidente do Sindsemp/PE, Fernando Ribamar, e Jaqueline Natal, supervisora do Departamento de Estudos Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Em seguida, foram apresentadas as ações que o Sindicato pretende desenvolver este ano em alguns eixos de atuação com destaque para a necessidade de atualização do Estatuto do MP; a realização do 1º Congresso dos Servidores do MPPE; o fortalecimento da participação junto às entidades classistas como a Associação Nacional dos Servidores do Ministério Público (Ansemp) e a Federação Nacional dos Servidores do Ministério Público (Fenamp); a defesa dos direitos da categoria como o Plano de Cargos e Carreiras (PCC) através da defesa do direito ao concurso público e da valorização dos servidores com a recuperação das perdas salariais e garantia de preservação da carreira.

Diretoria do Sindsemp/PE faz explanação sobre a conjuntura do MPPE

Para Ribamar a participação efetiva dos colegas é de suma importância, pois auxiliam nas tomadas de decisões das principais pautas. O analista Bruno Valente, representante de base da Capital, classifica o encontro como uma excelente oportunidade para discutir os problemas da categoria e planejar as ações anuais do sindicato. “É um momento democrático, pois possibilita que a base influencie a tomada de decisão pela direção”, considera.

Conselho unido em prol das lutas da categoria

A também analista, Shirley Nascimento, diretora de Relações Públicas e Políticas Sociais do Sindsemp/PE, reafirma a importância da atividade de planejamento apontando que foi um momento bastante rico e fundamental para a atuação sindical nos próximos meses. Para ela, a análise feita pelo Dieese trouxe uma maior clareza acerca dos grandes desafios que a categoria terá pela frente. Além disso, ela disse que foi possível identificar coletivamente problemas e construir ações para superá-los. “Ao final desse processo, tivemos como fruto do nosso trabalho, além de um planejamento pronto para ser executado durante o ano, um grupo unido e coeso para lutar pela categoria”, comemora. E ressalta ainda que, “estar junto aos colegas de todo o Estado trocando ideias e construindo vínculos é sempre muito valioso e gratificante”, enumera a representante.

Compartilhar: