Primeira rodada da mesa de negociações desse ano foi realizada e nenhum despacho foi efetuado

Ontem à tarde (12), a diretoria do Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco (Sindsemp/PE), representada pelo presidente, Fernando Ribamar, juntamente com o secretário geral, Ronaldo Sampaio; o diretor financeiro, João Bosco Rabello; e a diretora de relações públicas e sociais, Shirley Gonçalves; se reuniu com o secretário geral adjunto do MPPE, Gustavo Lima, na sede da Procuradoria Geral de Justiça, em Recife, para retomar as pautas da mesa de negociações paralisadas desde o ano passado. Esse foi o primeiro encontro do ano com a gestão e vale ressaltar que nenhum despacho foi realizado.

Diretoria do Sindsemp/PE reunida com o secretario geral adjunto, Gustavo Lima

De acordo com Ribamar, a entidade vinha tentando agendar a reunião desde o inicio do ano, para dar prosseguimento aos pleitos da categoria. “Insistimos por 4 vezes para que houvesse a marcação e só na quinta tentativa conseguimos nos reunir, porém saímos de lá sem nenhuma resposta concreta para as nossas pautas”, enumera.

Na ata da mesa estão: o programa de negociação permanente no MPPE; o cumprimento da norma vigente acerca do relatório de plantão ministerial; o acesso ao estudo da estrutura das promotorias de justiça; a regulamentação das remoções; a instauração de 12 sindicâncias sobre acumulação de cargos; a ampliação do período para compensação do banco de horas; a regulamentação do exercício cumulativo de funções por servidores; a ampliação das instituições financeiras para consignado; revisão salarial 2019; revisão dos auxílios saúde e alimentação; e por fim, a permissão para acesso dos pesquisadores contratados pelo Sindicato para realização de um estudo junto à categoria nos seus postos de trabalho. A diretoria protocolou os pleitos definidos em assembleia e espera que os mesmos sejam analisados pela gestão, a fim de trazer respostas efetivas para a categoria.

Compartilhar: