Sessões de cineclube chegam ao interior

Com o objetivo de ampliar as discussões e fomentar práticas educativas para criação de novas narrativas, o Sindsempe/PE dá continuidade ao projeto de Formação Sindical, levando às sessões de cineclube para o interior do Estado. Dessa vez, a iniciativa pretende atender não apenas os servidores do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), mas também outras categorias que tenham interesse em refletir sobre as práticas abusivas que acontecem no ambiente de trabalho das instituições. As ações acontecem nesta sexta (25), nas sedes da Procuradoria Geral de Justiça das cidades de Garanhuns e Caruaru, respectivamente, e debatem temáticas diferentes. Em Garanhuns, o encontro será às 9hs e irá abordar o tema “Assédio Moral – do trabalho ao cotidiano”. Já em Caruaru, será às 16hs, e irá tratar sobre “Democratização do MP: reformas e desmontes”.

A idéia é rodar 60 minutos de projeção com 30 minutos de debates mediados pela cineclubista Rose Lima, colaboradora do Conselho Nacional de Cineclube e responsável pela curadoria dos filmes.

Na programação do cineclube em Garanhuns estão Urbano que, através de cinco histórias contadas numa micro cadeia de acontecimentos, os protagonistas de diversas classes sociais matam com armas, palavras e atitudes. O curta-metragem de ficção aborda temas corriqueiros às principais capitais e grandes aglomerados urbanos como violência, caos no trânsito, exacerbação do crime (no ambiente público e privado), e políticos que armam com maestria, crimes e contravenções; A sombra de um delírio verde, que se passa na região Sul do Mato Grosso do Sul, fronteira do Paraguai. O filme mostra a luta desigual que a etnia indígena Guarani Kaiowá, que tem a maior população no Brasil, trava pela reconquista de seu território, já que sobre ele encontram-se milhares de hectares de cana-de-açúcar plantados por multinacionais que, juntamente com governantes, apresentam o etanol para o mundo como o combustível “limpo” e ecologicamente correto; e ainda A dor (in)visível – assédio moral no trabalho, um documentário com 28 minutos realizado pelo Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS) e Governo Federal.

Já em Caruaru, o público irá assistir os documentários Brasília: contradições de uma cidade nova, que traz uma reflexão sobre como uma cidade inteiramente planejada pode reproduzir as desigualdades e a opressão existentes em outras regiões do país; A luta do povo, que busca traçar um resumo das lutas populares dos anos 70 e início dos anos 80; e Ameaçados, que mostra a luta de pequenos agricultores do sul e sudeste do Pará por um pedaço de terra para plantar e viver. Além deles, o curta de ficção O dia em que Dorival encarou a guarda, que conta a estória de luta desigual de um homem contra um sistema sem lógica e sem humanidade; e o experimental Engravatados, uma intervenção urbana que questiona o auxílio-paletó.

 

SERVIÇO:

 

PROGRAMAÇÃO CINECLUBE EM GARANHUNS:

TEMA: “Assédio Moral – do trabalho ao cotidiano”

DIA: 25 DE AGOSTO

HORÁRIO: 9HS

LOCAL: SEDE DA PJ EM GARANHUNS – Rua Joaquim Távora, 393, Bairro Heliópolis

PROGRAMAÇÃO DOS FILMES:

 

1) Urbanos

 

Ficção| De  Alessandra Nilo | 2014 |  15 min | PE |  Colorido 

Sinopse: Uma micro cadeia de acontecimentos, através de cinco histórias cujos protagonistas de diversas camadas sociais matam com armas, com palavras e atitudes e aborda temas familiares às principais capitais e grandes aglomerados urbanos: violência, caos no trânsito, exacerbação do crime (no ambiente público e privado), políticos que armam, com maestria, crimes e contravenções.

 

2) A sombra de um delírio verde | De An Baccaert, Cristiano Navarro, Nicola Mu | 2011| 29 min | Argentina, Bélgica e Brasil| Colorido

 

Sinopse: Na Região sul do Mato Grosso do Sul, fronteira com Paraguai, a etnia indígena com a maior população no Brasil trava, quase silenciosamente, uma luta desigual pela reconquista de seu território.

Expulsos pelo contínuo processo de colonização, mais de 40 mil Guarani Kaiowá vivem hoje em menos de 1% de seu território original. Sobre suas terras, encontram-se milhares de hectares de cana-de-açúcar plantados por multinacionais que, juntamente com governantes, apresentam o etanol para o mundo como o combustível “limpo” e ecologicamente correto.
Sem terra e sem floresta, os Guarani Kaiowá convivem há anos com uma epidemia de desnutrição que atinge suas crianças. Sem alternativas de subsistência, adultos e adolescentes são explorados nos canaviais em exaustivas jornadas de trabalho. Na linha de produção do combustível limpo são constantes as autuações feitas pelo Ministério Público do Trabalho, que encontra nas usinas trabalho infantil e trabalho escravo.
Em meio ao delírio da febre do ouro verde (como é chamada a cana-de-açúcar), as lideranças indígenas enfrentam o poder que se impõe e, muitas vezes, encontram como destino a morte encomendada por fazendeiros.

 

3) A dor (in)visível – Assédio Moral no Trabalho | De MPT-RS | 2014 | 28 min. | RS | Colorido

Sinopse: O documentário “A dor (in)visível – Assédio Moral no Trabalho” é uma realização do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS) – Procuradoria do Trabalho no Município (PTM) de Caxias do Sul; do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) – Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) em Caxias do Sul; e do Governo Federal.

 

 

PROGRAMAÇÃO CINECLUBE EM CARUARU:

TEMA: Democratização do MP: reformas e desmontes

DIA: 25 DE AGOSTO

HORÁRIO: 16HS

LOCAL: SEDE DA PJ EM CARUARU – Av. José Florêncio Filho, s/n, Bairro Maurício de Nassau.

 

PROGRAMAÇÃO DOS FILMES:

 

1) Brasília – Contradições de uma Cidade Nova

Documentário | De  Joaquim Pedro de Andrade | 1967 |  23 min | DF |  Colorido 

Sinopse: Imagens de Brasília em seu sexto ano e entrevistas com diferentes categorias de habitantes da capital. Uma pergunta estrutura o documentário: uma cidade inteiramente planejada, criada em nome do desenvolvimento nacional e da democratização da sociedade, poderia reproduzir as desigualdades e a opressão existentes em outras regiões do país?

 

2) O dia em que Dorival encarou a guarda

Ficção | De Jorge Furtado, José Pedro Goulart |1986| 14 min   |RS | Colorido
Sinopse: Todo homem tem seu limite, e Dorival resolve enfrentar a tudo e a todos para conseguir o que quer. A história da luta desigual de um homem contra um sistema sem lógica e sem humanidade.

 

3) Ameaçados

Documentário | De Julia Mariano  | 2014 | 22 min | PA | Colorido

Sinopse: No Brasil profundo, onde a lei e a justiça dependem de nome e sobrenome, a luta por um pedaço de terra vira uma questão de vida ou morte. “Ameaçados” mostra pequenos agricultores do sul e sudeste do Pará que lutam por um pedaço de terra para plantar e viver.

 

4) Engravatados

Experimental | De Marcelo Pedroso | 2011|  4 min | PE | Colorido

Sinopse: Intervenção urbana questiona o auxilio-paletó.

 

5) A luta do povo 

Documentário | De Renato Tapajós | 1980| 30 min|  SP | Colorido

Sinopse: Filme busca traçar um resumo das lutas populares dos anos 1970 e início dos anos 1980.

 

Compartilhar: