Sindicatos se unem e cobram posicionamento dos candidatos sobre previdência, dívida pública e tributos

Com o intuito de saber o que pensam os candidatos ao Governo do Estado e ao Senado Federal sobre temas cruciais para a economia e os servidores públicos de Pernambuco, a Articulação Sindical, realizou uma série de entrevistas que foram lançadas em formato de jornal impresso. O grupo é formado pelos sindicatos dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco (Sindsemppe), dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (Sindicontas-PE), do Poder Legislativo do Estado de Pernambuco (Sindilegis-PE), dos Servidores do Poder Judiciário de Pernambuco (Sindjud-PE) e pelo Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco (Sindifisco-PE).

Representantes sindicais unidos na luta por um país mais justo

A publicação, com 12 páginas, está sendo distribuída desde ontem (24), entre os servidores das categorias. Nas entrevistas, os temas abordados foram: reforma da previdência, a dívida publica e a reforma tributária. Foram procurados todos os candidatos e candidatas ao Governo do Estado e ao Senado. Dos postulantes ao pleito de Governador, participaram Armando Monteiro (PTB), Dani Portela (PSOL), Julio Lóssio (Rede), Maurício Rands (Pros) e Paulo Câmara (PSB). Já em relação aos concorrentes a Senador, posicionaram-se Albanise Pires (Psol) e Jarbas Vasconcelos (MDB).

A senadora, Albanise Pires (Psol), de posse do seu exemplar

Todos responderam os mesmos três questionamentos, que giram em torno da sustentabilidade da previdência dos servidores do Governo do Estado, tributos e a dívida pública de Pernambuco. Desde o ano passado, a Articulação Sindical vem promovendo uma série de ações conjuntas, a exemplo das conversas com deputados federais por Pernambuco sobre o texto da reforma da previdência proposto pelo presidente Michel Temer no ano passado para mostrar que não há déficit.

CONFIRA A EDIÇÃO DO BOLETIM:

INFORMATIVO SINDICAL

 

 

Compartilhar: