Sindsemppe inicia ciclo de debates com temas que fortalecem a campanha de lutas da categoria  

Com o objetivo de ampliar as discussões e promover a reflexão sobre as bases de um novo padrão de desenvolvimento nacional que combine crescimento econômico com valorização do trabalho, o Sindicato dos Servidores do Ministério Público de PE (Sindsemppe) realiza na próxima segunda (19), das 17 às 20hs, um ciclo de debates com o tema o “Desmonte do Estado Social e as relações de trabalho no setor público”. O evento é gratuito e aberto ao público em geral e acontece no auditório do Centro Cultural Rossini Alves Couto, na Boa Vista.

Para este primeiro encontro, foram convidados os palestrantes, Roberto Véras, professor associado da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que vai falar sobre A contestação social, as relações de trabalho no setor público e o sindicalismo. Doutor  em Sociologia, Véras tem concentrado sua atuação em áreas como sindicalismo e contestação social, qualificação profissional, políticas públicas de trabalho, diálogo social, cidadania, entre outros temas, onde tem vários trabalhos publicados.

Além dele, o jurista Alberto Ledur, presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Rio Grande do Sul (Simpe-RS), irá expor sobre A prática sindical e as políticas de trabalho no Sindicato. Vai apresentar o trabalho de enfrentamento que vem desenvolvendo com o Ministério Público daquele Estado há mais de 5 anos, no que diz respeito a criação de cargos comissionados em detrimento dos servidores concursados.

Ledur vai mostrar casos como o dos estados do Ceará e de Minas Gerais, onde neste último, praticamente, há uma extinção de todo o quadro de servidores efetivos de nível superior no MP para ser substituído por 800 funcionários comissionados. “É uma tentativa de extermínio do desmonte das políticas públicas e é uma lástima que o MP compactue com esse tipo de movimento que vem sendo feito em todo o serviço público brasileiro”, considera.

Para ele, o debate é de fundamental importância não só para os servidores dos ministérios públicos, mas, sobretudo, para que a sociedade perceba que, caso o concurso público como forma de ingresso no serviço público seja extinto, a qualidade dos trabalhos oferecidos ficará comprometida. “O MP sofrerá um grande revés a partir das indicações políticas. A seleção através do concurso público é um instrumento que fortalece a qualidade do serviço. Práticas de nepotismo e troca de favores devem ser amplamente combatidas e isso é um grande desafio não só para o funcionalismo público, mas sim para toda a sociedade no enfretamento dessas políticas patrimonialistas”, dispara Ledur.

O ciclo de debates marca o lançamento do projeto de formação sindical onde serão realizadas algumas ações com base nesse contexto. A idéia, segundo o presidente do Sindsemppe, Fernando Ribamar, é promover até o próximo mês de outubro mais três ou quatro encontros com temas que integram a campanha de lutas da categoria esse ano como, por exemplo, a democratização do MP, o assédio moral e organização sindical. Ainda como parte das atividades, está prevista a oferta de um curso/oficina de formação crítica sindical, porém ainda sem data definida.

 

SERVIÇO:

CICLO DE DEBATES

TEMA: “Desmonte do Estado Social e as relações de trabalho no setor público”

QUANDO: 19 de junho de 2017

ONDE: auditório do MPPE – Centro Cultural Rossini Alves Couto, na Boa Vista.

HORÁRIO: 17 ÀS 20HS

PUBLICO-ALVO: Aberto ao público em geral, podendo participar, inclusive, não filiados ao sindicato.

ENTRADA GRATUITA

INFORMAÇÕES: 3424.1156

 

 

 

Compartilhar: