Sindsemppe promove sessão de cineclube sobre assédio moral nas relações de trabalho

Tema desafiador no meio jurídico, o assédio moral e sexual no ambiente de trabalho é uma prática frequente e que merece ser debatida tanto pelos danos psicológicos que elas causam a vida pessoal do assediado, quanto pelos desdobramentos que acarreta no âmbito profissional. O método desse tipo de crime fortalece a discriminação no trabalho, a manutenção da degradação das relações de trabalho e a exclusão social. Para trazer a tona um pouco dessa realidade e fomentar as discussões, o Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco (Sindsempe/PE) realiza na próxima quarta (9), às 10hs, sessão de cineclube gratuita cujo tema é “Assédio Moral – do trabalho ao cotidiano” com exibição de curtas-metragens e bate-papo com mediação. O evento é aberto ao público em geral e acontece na sede do Sindicato, no bairro de Santo Antônio.

Na programação, estão Urbano que, através de cinco histórias contadas numa micro cadeia de acontecimentos, os protagonistas de diversas classes sociais matam com armas, palavras e atitudes. O curta-metragem de ficção aborda temas corriqueiros às principais capitais e grandes aglomerados urbanos como violência, caos no trânsito, exacerbação do crime (no ambiente público e privado), e políticos que armam com maestria, crimes e contravenções; A sombra de um delírio verde, que se passa na região Sul do Mato Grosso do Sul, fronteira do Paraguai. O filme mostra a luta desigual que a etnia indígena Guarani Kaiowá, que tem a maior população no Brasil, trava pela reconquista de seu território, já que sobre ele encontram-se milhares de hectares de cana-de-açúcar plantados por multinacionais que, juntamente com governantes, apresentam o etanol para o mundo como o combustível “limpo” e ecologicamente correto; e ainda A dor (in)visível – assédio moral no trabalho, um documentário com 28 minutos realizado pelo Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS) e Governo Federal.

PROGRAMAÇÃO DOS FILMES:

1) Urbanos

Ficção| De  Alessandra Nilo | 2014 |  15 min | PE |  Colorido 

Sinopse: Uma micro cadeia de acontecimentos, através de cinco histórias cujos protagonistas de diversas camadas sociais matam com armas, com palavras e atitudes e aborda temas familiares às principais capitais e grandes aglomerados urbanos: violência, caos no trânsito, exacerbação do crime (no ambiente público e privado), políticos que armam, com maestria, crimes e contravenções.

2) A sombra de um delírio verde | De An Baccaert, Cristiano Navarro, Nicola Mu | 2011| 29 min | Argentina, Bélgica e Brasil| Colorido

Sinopse: Na Região sul do Mato Grosso do Sul, fronteira com Paraguai, a etnia indígena com a maior população no Brasil trava, quase silenciosamente, uma luta desigual pela reconquista de seu território.

Expulsos pelo contínuo processo de colonização, mais de 40 mil Guarani Kaiowá vivem hoje em menos de 1% de seu território original. Sobre suas terras, encontram-se milhares de hectares de cana-de-açúcar plantados por multinacionais que, juntamente com governantes, apresentam o etanol para o mundo como o combustível “limpo” e ecologicamente correto.
Sem terra e sem floresta, os Guarani Kaiowá convivem há anos com uma epidemia de desnutrição que atinge suas crianças. Sem alternativas de subsistência, adultos e adolescentes são explorados nos canaviais em exaustivas jornadas de trabalho. Na linha de produção do combustível limpo são constantes as autuações feitas pelo Ministério Público do Trabalho, que encontra nas usinas trabalho infantil e trabalho escravo.
Em meio ao delírio da febre do ouro verde (como é chamada a cana-de-açúcar), as lideranças indígenas enfrentam o poder que se impõe e, muitas vezes, encontram como destino a morte encomendada por fazendeiros.

3) A dor (in)visível – Assédio Moral no Trabalho | De MPT-RS | 2014 | 28 min. | RS | Colorido

Sinopse: O documentário “A dor (in)visível – Assédio Moral no Trabalho” é uma realização do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS) – Procuradoria do Trabalho no Município (PTM) de Caxias do Sul; do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) – Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) em Caxias do Sul; e do Governo Federal.

 

SERVIÇO:

Sessão de Cineclube

Quando: amanhã (09.08)

Horário: 10hs

Onde: auditório do Sindsemppe, (Praça da Indepedência, 75 – Santo Antônio)

Público alvo: público em geral

Entrada Gratuita

 

 

Compartilhar: