Sindsemppe realiza assembleia geral amanhã com vistas a sanar o processo do Funafim

Amanhã (16), às 12h30, em primeira convocação, e segunda às 13h, o Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco – Sindsemp/PE irá realizar a Assembleia Geral Ordinária para debater a questão do processo do Funafim, uma ação movida na Justiça pelo Sindicato em 2003 que trata de descontos indevidos de contribuição previdenciária dos servidores do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Ao todo, quase 300 trabalhadores serão beneficiados com a ação que está em sua fase final de resolução.

De acordo com Fernando Ribamar, presidente do Sindicato, houveram alguns problemas durante o processo, motivados por atuações questionáveis que levaram a três Juízos se declararem suspeitos. Na Assembleia, a diretoria irá expor as atuações e fatos concernentes do processo ao longo dos últimos anos. Também irá mostrar que o Sindicato não tem intenção de prejudicar os servidores e também não é responsável pelos problemas que houveram nesse processo.

A idéia é fazer com que todos interessados participem e cheguem a um consenso de como o processo será tocado daqui para frente. Especialmente, como se dará o recurso a ser apresentado pelo setor jurídico do Sindsemp/PE, referente à última decisão do judiciário que visou sanear o processo, tratando de vários aspectos como a questão dos servidores que não aceitaram os valores propostos pela Fazenda Estadual, a atualização dos valores a serem pagos, a expedição dos RPVs dos demais servidores, bem como a decisão de bloqueio das contas do Estado para uma parte dos servidores. “Tudo isso será levado para discussão junto a categoria para que possamos resolver da melhor maneira e possamos avançar nesse processo. Queremos tomar a melhor posição possível para a categoria”, aponta Ribamar.

Outro ponto que será colocado na Assembleia é a apresentação da nova proposta de revisão salarial feita durante esta manhã em reunião com o Secretário Geral, para a qual a diretoria do Sindsemp/PE apresentou contraproposta e pretende alinhar com a categoria parâmetros para a negociação.

 

 

 

Compartilhar: